Orçamento 2015

Como já dissemos anteriormente, fazer um planejamento é essencial em qualquer área de atuação. Principalmente com suas finanças.

Em post anterior, dei dicas de como elaborar seu orçamento. Entretanto, como algumas pessoas me procuraram alegando não conseguir tabular as informações, busquei um orçamento disponibilizado gratuitamente pela BMF e fiz três simples alterações, para atender às necessidades da maioria das pessoas que me procuram.

 

1ª Alteração – Receitas

É importante ter em mente quando você for orçar suas receitas, que todas devem ser elencadas. A seguir, um exemplo:

Salário – Empregados em geral.Receita de Serviços – Autônomos prestadores de serviços.Receita de Vendas – Autônomos do comércioRendimentos – Rendimentos de aplicações e dividendos sobre ações.Outros – Quaisquer outras receitas

 

2ª Alteração – Coluna Ano

Na minha opinião, não basta você se organizar mensalmente. Precisa saber dos números anuais, para tomada de decisões.

 

3ª Alteração – Planilha Investimentos

Veja bem, na planilha de orçamento você precisa anotar quanto está gastando em investimentos. Entretanto, como saber o saldo acumulado, bem como “onde” está acumulado???

Assim, incluí uma planilha chamada investimentos que após preenchida, remete os valores totais à planilha investimentos. Logo, quando você for orçar seu investimentos, utilize apenas a planilha “investimentos”

 

Na minha opinião, investimentos devem corresponder a um percentual mínimo e fixo de suas receitas. Geralmente aconselho 30%, mas você pode começar com menos para ir se acostumando a controlar seu fluxo de caixa.

 

Pois bem, clique aqui para fazer o download da planilha. E acompanhe os posts da Makoto Contabilidade.

Em fevereiro eu volto com post específico sobre investimentos.

 

Até mais, forte abraço e sucesso a todos.